Por mais que estejamos quase no final de 2019, os investimentos em startups brasileiras continuam aquecidos. Os negócios escaláveis, inovadores e tecnológicos nacionais levantaram US$ 334 milhões em novembro, ou cerca de R$ 1,45 bilhão pela cotação atual. As informações são da plataforma de inovação Distrito.

O valor representa quase o dobro, ou 91%, sobre os US$ 180 milhões captados em outubro. Foram mapeados 19 investimentos em novembro – o número de rodadas é 40% inferior ao do mês anterior. Esses dados mostram que tivemos investimentos maiores, mas concentrados em menos empresas.

Serviços financeiros e varejo

Novembro teve dois grandes destaques no mundo das startups brasileiras e do capital de risco (venture capital). A Neon Pagamentos recebeu 400 milhões de reais em um investimento liderado pelo Banco Votorantim e pelo fundo General Atlantic. Os recursos serão injetados para acelerar o crescimento da empresa e aumentar a densidade da marca nas capitais além de Rio de Janeiro e São Paulo. Também servirão para a ampliar a oferta de produtos, incluindo o desenvolvimento de crédito e de alternativas de investimentos aos clientes. Por fim, o dinheiro será usado para tecnologia, campanhas publicitárias e contratações.

Já a plataforma de comércio eletrônico VTEX captou um aporte de R$ 580 milhões, ou US$ 140 milhões. O investimento foi liderado pelo Latin America Fund, fundo de cinco bilhões de dólares para a América Latina criado pelo conglomerado japonês de telecomunicações SoftBank. Gávea Investimentos e Constellation Asset Management completaram o aporte.

De acordo com comunicado sobre o aporte, a VTEX usará os recursos para pesquisa e desenvolvimento (P&D) e para acelerar a expansão global da empresa, que se coloca como uma plataforma que acelera a transformação digital de operações complexas por meio de comércio eletrônico em nuvem.

Graças a Neon Pagamentos e VTEX, os setores de serviços financeiros (fintech) e de varejo (retailtech) foram os que mais movimentaram recursos de capital de risco em novembro.

Fonte: PEGN
Link: https://revistapegn.globo.com/Startups/noticia/2019/12/startups-brasileiras-levantaram-mais-de-us-1-bilhao-em-novembro.html