Governo autoriza reajuste do pedágio na BR-101

pedágios-placaA partir do próximo dia 2, os motoristas que trafegam pela BR-101, trecho entre as cidades de Niterói e Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, divisa com o Espírito Santo, pagarão mais caro ao cruzar os cinco pedágios instalados ao longo dos 320 quilômetros concedidos à Autopista Fluminense.

Resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), publicada no Diário Oficial da União de hoje (20), autoriza a concessionária a reajustar de R$ 3,4 para R$ 3,8 a tarifa cobrada de automóveis, caminhonetes e furgões com dois eixos – aumento de 11,65%. O último reajuste ocorreu em fevereiro de 2014.

Motoristas de caminhões leves, ônibus, caminhões-tratores e furgões duplos de dois eixos desembolsarão R$ 7,60. Já os condutores de automóveis e caminhonetes com semi-reboque passarão a pagar R$ 5,70.

Segundo a ANTT, o aumento é anualmente calculado a partir da combinação de três itens contratuais. O primeiro deles, o índice de reajuste, tem como base a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O segundo critério é para recompor o equilíbrio econômico-financeiro diante do acréscimo ou supressão de novas obrigações à concessionária. O último item, o arredondamento tarifário, serve para facilitar a fluidez do tráfego nas praças de pedágio. Os efeitos econômicos do arredondamento são sempre compensados no processo de revisão subsequente.

A rodovia atravessa 13 cidades fluminenses e conta com cinco praças de pedágio, localizadas nos municípios de Campos dos Goytacazes, Conceição de Macabu, Casimiro de Abreu, Rio Bonito e São Gonçalo.

Conforme a Autopista Fluminense, a média de veículos trafegando diariamente nas proximidades de Niterói, onde o fluxo é maior, chega a 90 mil veículos. Já no trecho próximo à divisa com o Espírito Santo, o volume diário fica em 6 mil veículos.

Fonte: Ag Brasil
Link: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2015-01/antt-autoriza-reajuste-do-valor-do-pedagio-em-trecho-da-br-101-que-liga-rj-es