sinestesiaO primeiro e por isso talvez maior desafio do encontro humano é obter atenção e receptividade. Quando ocorre algum tipo de identificação entre os interlocutores, a comunicação flui e se transforma em informação.

Comunicação tem a ver com processamento, ativo e receptivo, de informação. A sintonia é uma função de como a informação é emitida, percebida e processada nos vários meios, canais e sentidos humanos.

O inspirador escritor Gibran criou uma alegoria brilhante sobre ver, ouvir, tocar. Quatro poetas diante de uma jarra de vinho: um viu, outro ouviu e um terceiro tocou a fragrância da nobre bebida. O quarto poeta, que se dizia obtuso de vista, de ouvido e de tato, levou o jarro aos lábios e bebeu o vinho até a última gota.

E então, viu a cena, ouviu os protestos ou sentiu sensação de beber junto? Visual, auditivo ou sinestésico?

A Neurolinguística trata de como nós processamos informações através dos canais visão, audição e sentidos físicos. É comum um deles ser o canal predominante, mas pode ocorrer também a integração de dois ou dos três meios.

Quando interagimos, especialmente com intenção de influenciar, criar sintonia na comunicação é a essência do processo, é o que faz a comunicação fluir e os interlocutores se entenderem.

Pessoas visuais lidam melhor com informação através de imagens, cores, lugares. Na situação de venda, o cliente precisa visualizar o benefício ou se ver utilizando o produto ou serviço. Para validar a comunicação, não conte, mostre!

Com os clientes auditivos o que mais importa são as nuances de som e tom. Seu processo mental funciona melhor através de verbalização, entonação, ritmo e conteúdo assertivo da comunicação. Quer vender para um auditivo? Conte uma história.

Os sinestésicos são receptivos à conexão, interação, emotividade, sensações. Se for possível, deixe que ele examine as propriedade tangíveis do produto ou então pergunte como ele se sente em relação a posse, propriedade ou uso do produto. Experimentar é atalho para o acordo.

Prestar atenção em como as pessoas verbalizam e como reagem à sua comunicação pode ajudar a torná-la mais efetiva e mais eficaz. Veja, ouça, sinta – e suas variantes – na ordem que for mais importante para a pessoa, podem ser as palavras chaves na comunicação vendedora.

Fonte: Exame
Link: http://exame.abril.com.br/rede-de-blogs/blog-do-management/2011/09/28/voce-e-visual-auditivo-ou-sinestesico/