McDonald’s cria site para orientar funcionários a administrar salário baixo

download (1)Por Juliana Américo Lourenço da Silva

O McDonald’s, junto com a Visa, criou um site dedicado a orientar seus funcionários norte-americanos de como gerir os baixos salários que recebem. Porém, a imprensa internacional acredita que o serviço ilustra o fato de que é quase impossível de viver com o salário pago pela empresa.

De acordo com o site ThinkProgress, o planejamento financeiro considera um ganho médio de US$ 8,25 por hora e ainda sugere que o funcionário tenha um segundo emprego para complementar a renda. Além disso, o exemplo de orçamento utiliza estimativas de gastos consideradas improváveis, como US$ 20 para gastos mensais de saúde, US$ 600 de aluguel, US$ 0 para aquecimento e não inclui gastos com alimentação e roupas.

PORTAL BEATRIZ IOLANDA – O MUNDO DOS NEGÓCIOS AO TEU ALCANCE!
www.beatriziolanda.com
Acesse outros textos e informações empresariais em nosso portal de negócios

Basicamente, as expectativas do planejamento são inatingíveis, pois um americano que não tenha plano de saúde corporativo precisa desembolsar, em média, US$ 215 por mês para pagar um plano individual. Sem levar em conta que o custo de vida muda de acordo com a cidade, em Nova Iorque, por exemplo, o salário mínimo ideal é de US$ 3 mil.

No ano passado, uma matéria a Bloomberg mostrou a discrepância entre os salários dos funcionários do fast food e da renda do CEO da empresa, Jim Skinner, de US$ 8,75 milhões. Isso gerou a revolta de diversos trabalhadores de restaurantes de fast food, incluindo o KFC, Burger King e taco Bell, em todo o país.

Um porta-voz do McDonald’s informou que a empresa busca oferecer ferramentas de gestão de dinheiro e que outros recursos foram desenvolvidos, como guias, vídeos instrutivos e outras informações. Além disso, o exemplo utilizado é genérico e visa oferecer uma visão geral de como é um orçamento individual.

PORTAL BEATRIZ IOLANDA – O MUNDO DOS NEGÓCIOS AO TEU ALCANCE!
www.beatriziolanda.com
Acesse outros textos e informações empresariais em nosso portal de negócios

Fonte: