Tudo o que você precisa saber sobre brainstorm

Brainstorm-lBrainstorm é um dos processos mais utilizados para que os funcionários possam  melhorar as empresas com suas ideias inovadoras. Porém, nem todos sabem como  agir durante essas reuniões – pior: agem de forma negativa. A seguir, confira  nossas dicas para ser um bom brainstormer:

Características de um bom brainstormer:

1 – Mente aberta

Ele deseja ouvir outras opiniões e desenvolve-las junto com as dele.

2 – Criatividade

Consegue analisar a situação de outros ângulos

3 – Educação

Não necessariamente acadêmica, mas bons “brainstormers” têm uma ampla e  variada experiência profissional e pessoal

4 – Colaboração

Não sentem muita necessidade de terem as suas ideias aceitas, pois conseguem  lidar bem com as ideias dos outros

5 – Segurança

Não vêem toda crítica como um ataque, entendem que podem cometer erros e ter  más ideias

6 – Curiosidade

Constantemente estão procurando por novas e melhores ideias, e não tem medo  de experimentar.

Características de um mau brainstormer:

1 – Tem medo de falar

Pessoas que tem medo de expor as suas ideias correm o risco de não ajudar, e  até perdem a oportunidade de colaborar com uma boa solução

2 – Ficam presos a noção antigas

Pessoas que não conseguem abrir a mente e têm medo de experimentar acabam  ficando presas aos mesmos erros

3 – Menosprezam ideias

Brainstorm é uma democracia, mas existem pessoas que não sabem disso. Entenda  que ideias, por mais que pareçam ruins, podem gerar outras ideias boas.

4 – Não escutam

Maus “brainstormer” não conseguem escutar o que os outros têm a dizer e  acabam perdendo a chance ouvir boas ideias

5 – Bloqueiam

Algumas pessoas tentam encontrar qualquer tipo de dificuldade que impeça a  ideia de ser colocada em ação.

Dicas para se tornar um bom brainstormer:

1 – Seja autocrítico

Seja crítico com as suas ideias e sobre os seus produtos. Se você quer vender  alguma coisa, saiba todos os seus defeitos. Pergunte a si mesmo o que as pessoas  não gostam no seu produto, e o que deve ser feito para evitar isso. Responda  essas questões antes que elas sejam feitas por clientes de verdade.

2 – Peça ajuda a crianças

Crianças não estão presas aos padrões que conhecemos e, por isso, conseguem  pensar de forma mais criativa e sem pré-conceitos.

3 – Pesquise

Sempre que você estiver preso às mesmas ideias, comece a pesquisar sobre o  assunto brainstorm, veja sites de notícias, leia artigos – diversifique os  pensamentos do seu cérebro. Você nunca sabe de onde a inspiração irá surgir.

4 – Saia da sua zona de conforto

Se você está acostumado a sempre fazer as mesmas coisas e ter os mesmo  hábitos, comece a mudar a sua rotina. Dessa forma, você estimula o seu cérebro a  ter novas ideias e se adaptar a outras situações.

5 – Não roube ideias

Não roube ideias inteiras: se você gostou da forma que uma pessoa pensa,  pegue a mesma base e desenvolva algo a partir daquele ponto.

Fonte Universia