O mercado continuou reagindo com apreensão ao movimento em que investidores amadores, que fizeram a ação da varejista de jogos americana GameStop disparar e acabaram pressionando megainvestidores nos últimos dias. As Bolsas de Nova York tiveram forte baixa ontem, com o estresse diante do medo de ataques especulativos, por parte desses pequenos investidores nos Estados Unidos.

Em uma sessão de quedas generalizadas, o índice Dow Jones fechou em queda de 2,03%, a 29.982,62 pontos. O S&P 500 caiu 1,93%, para 3.174 pontos. Já a Nasdaq, que concentra as papéis das maiores empresas de tecnologia do mundo, caiu 2%, aos 13.070,69 pontos.https://a199152d203f6e64c6805f831fffcae4.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Na Nasdaq, as big techs Alphabet (dona do Google), Amazon, Apple, Facebook e Microsoft se desvalorizaram. Por outro lado, no centro do ataque contra fundos de hedge (multimercado) de Wall Street, as ações da GameStop tiveram ganhos de 1.600% no mês e da AMC Entertainment, acima de 500%.

A alta nos papéis da GameStop aconteceu com a ação dos investidores individuais, do chamado dumb money (“dinheiro burro”, na expressão em inglês, em referência à falta de experiência deles). A especulação de investidores de varejo que são membros da rede social Reddit fez com que os preços das ações das empresas disparassem, o que gerou perdas a vários fundos de hedge que apostavam na queda dos papéis.

A BK Asset Management disse, em relatório, que o sistema financeiro “não está preparado” para lidar com variações diárias tão grandes. A gestora avalia que a queda nas bolsas e um avanço em retornos de bônus sugerem que investidores ficaram preocupados com a perspectiva de “risco sistêmico”.