30 de novembro de 2021

BEATRIZ IOLANDA

Empreendedorismo é o nosso foco!

CAIADO DECRETA REVEZAMENTO 14X14 NO COMÉRCIO E PRIORIDADES DE EMBARQUE NO TRANSPORTE COLETIVO

Os municípios poderão flexibilizar algumas medidas a depender da classificação de risco da cidade e dos critérios estabelecidos pelo secretário de Saúde

O governo de Goiás anunciou na manhã desta terça-feira, 16, um novo decreto com medidas restritivas que devem entrar em vigor a partir desta quarta-feira, 17, com suspensão de atividades econômicas durante 14 dias seguidos de 14 dias de abertura do comércio.

”No período de suspensão das atividades, os estabelecimentos mencionados no inciso IV do § 1º deste artigo somente poderão comercializar bens essenciais, assim considerados os relacionados à alimentação e bebidas, à saúde, limpeza e à higiene da população, hipótese em que os produtos não essenciais não poderão permanecer expostos à venda ou deverão ser identificados como vedados para venda presencial”, determina o documento.

O decreto estabelece ainda critérios de prioridade de embarque no transporte coletivo para trabalhadores das atividades essenciais que estejam em funcionamento. O vínculo empregatício deverá ser comprovado “por qualquer meio hábil, como contrato de trabalho, carteira de trabalho, crachás ou outro documento”.

Fonte: Estado de Goiás