28 de outubro de 2021

BEATRIZ IOLANDA

Empreendedorismo é o nosso foco!

5 mitos e verdades sobre economizar combustível

.

Uma das metas de qualquer motorista, é fazer com que o combustível do seu veículo dure o maior tempo possível. Afinal de contas, em tempos de crises financeiras e alta dos preços, economizar combustível é sempre válido.

Nesse sentido, é bem comum ouvir dicas sobre como gastar menos álcool ou gasolina na hora de dirigir. O problema é que, em meio a elas, existem muitas atitudes que, quando colocadas em prática, podem danificar o veículo e até mesmo comprometer a segurança dos passageiros.

Para te ajudar a identificar o que realmente faz a diferença na hora de economizar combustível, reunimos 5 mitos e verdades sobre o assunto que você precisa conhecer. Confira a seguir!

Mitos

1. Gasolina aditivada

Muitas pessoas acreditam que abastecer o veículo com gasolina aditivada é uma maneira de reduzir o consumo de combustível. No entanto, isso não passa de um mito, já que ela apresenta o mesmo rendimento da gasolina comum.

O engano, porém, é justificável: quando o motor está sujo, a tendência é que, a longo prazo, o veículo “beba” mais combustível, e a gasolina aditivada é excelente para a limpeza desse motor.

2. Ponto morto na descida

Outro mito que envolve a economia de combustível, diz que colocar ponto morto em uma descida é uma boa forma de reduzir o consumo.

Na verdade, quando você desce com o carro engrenado na marcha correta, o veículo não precisa fazer muita força, pois entende que está descendo. Consequentemente, não é necessário consumir muito combustível.

Verdades

1. Má calibragem dos pneus

Se tem uma coisa que afeta diretamente o consumo de combustível, é a má calibragem dos pneus. Antes que você se pergunte como isso é possível, nós explicamos.

Quando estão mais vazios, os pneus sofrem maior atrito com o chão. Isso faz com que o motor tenha que exercer uma força maior do que a de costume para movimentar o automóvel e, consequentemente, o consumo de combustível aumenta. Por isso, verifique sempre se os pneus do seu veículo estão calibrados de acordo com as indicações do fabricante.

2. Manutenção em dia

Você sabia que apenas calibrar os pneus corretamente não garante a economia de combustível? Isso significa que a redução no consumo de álcool ou gasolina também envolve a manutenção de todo o veículo.

Rodas desalinhadas, por exemplo, obrigam o motor a exercer uma força maior, o que consequentemente faz aumentar o consumo. Além disso, itens como velas, filtros, cabos de ignição e injeção eletrônica devem estar em perfeito estado para evitar o desperdício de combustível.

3. Velocidade x consumo

Por último, separamos uma dica para você que deseja reduzir o consumo de combustível: mantenha o veículo a uma velocidade constante.

Quando você faz isso, o motor não precisa realizar um grande esforço para retomar a velocidade. Do contrário, quanto mais você acelerar ou frear bruscamente, mais combustível será queimado pelo motor.

Lembre-se, quando o assunto é economia de combustível, é importante sempre buscar informações seguras sobre as melhores práticas e cuidados que devem ser tomados. Assim, você garante o bom funcionamento do seu veículo e a segurança de todos os passageiros.

 

.

Fonte: G1 economia